GWS Icone Hoario Expediente Prefeituradas 07:00h as 13:00h 
Quarta, 18 Julho 2018 09:35

Secretário de Fazenda do município de Nova Marilândia fala sobre os desafios dos primeiros seis meses de gestão de 2018

Publicado por:
Os primeiros seis meses de gestão municipal, foram de muitos desafios para o município de Nova Marilândia, e na Secretaria de Fazenda não foi diferente. Em entrevista, o secretário Rayender Mulinário detalhou todo o trabalho realizado ao longo do primeiro semestre de 2018.

Segundo o secretário, o trabalho desenvolvido neste semestre é um seguimento do trabalho iniciado no ano passado, e quem tem dado frutos em 2018. Um dos projetos desenvolvidos em 2017 e já em vigor em 2018, é o controle de combustíveis, uma exigência do Tribunal de Contas de Mato Grosso.

O sistema de monitoramento e controle de combustíveis foi especialmente desenvolvido para Órgãos Públicos que querem controlar sua frota própria, substituindo o uso de requisições ou autorizações de fornecimento, por cartões magnéticos, onde o abastecimento pode ser feito em postos internos ou externos dentro ou fora do município.

Este sistema traz a mais alta tecnologia de comunicação e velocidade de processamento, capaz de unir a versatilidade da internet juntamente com a segurança na transmissão de dados, transformando-se em uma ferramenta útil para o gerenciamento de frota, proporcionando o controle eficaz de abastecimento, tornando-se uma das principais armas contra fraudes e alto consumo de combustível. Trazendo ao gestor público maior controle no abastecimento de seus veículos.

Os abastecimentos são realizados em postos de combustíveis credenciados ou depósitos próprios usando um terminal POS ou ainda através do site do sistema, utilizando o cartão magnético e senha do motorista fornecidos no ato do abastecimento. O terminal possui ainda a opção para a consulta de saldo (cota) de combustível para o veículo e a opção de reimpressão de comprovantes de abastecimento.

Outro desafio alcançado neste ano foi a implantação da nota fiscal eletrônica. A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e é o documento fiscal de existência apenas digital que substituirá as tradicionais notas fiscais de serviços impressas. A NFS-e, implantada pela Secretaria Municipal de Fazenda, será emitida e armazenada eletronicamente em programa de computador da Prefeitura do Município de Nova Marilândia, com o objetivo de materializar os fatos geradores do ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, por meio do registro eletrônico das prestações de serviços sujeitas à tributação do ISSQN.

“A nota fiscal eletrônica foi implantada no município de Nova Marilândia no fim do mês de janeiro deste ano, e é a realização de um grande anseio da gestão, pois vem de encontro com a necessidade que há muito tempo já existia. É algo que vem para somar no município, não só para melhorar a fiscalização, mas também a acessibilidade do contribuinte, onde ele consegue emitir as notas fiscais dos serviços prestados de onde quer que ele esteja, pois os serviço pode ser acessado de qualquer computador ou smatphone, com um pré-cadastro que pode ser realizado pelo site, e posteriormente verificado por nossos servidores, sendo assim, o contribuinte poderá emitir suas notas fiscais tranquilamente sem muita burocracia”, declarou o Rayender Mulinário.

Outro ponto muito trabalhado ao longo deste primeiro semestre de 2018, é o inventário do patrimônio municipal, “O cidadão merece saber qual é o patrimônio do seu município, assim como os nossos órgão fiscalizadores estão nos cobrando isso. À Partir de 2020, será obrigatório, que todos os municípios tenham este controle e nós, desde a fundação do município, nunca tivemos este trabalho, então nós desta gestão, estamos nos empenhando para realizar este trabalho, para que possamos estar informados de qual é realmente o patrimônio do Município de Nova Marilândia”, disse o secretário.

Rayender declarou ainda que este é um trabalho que demanda tempo e muito cuidado, mas que já está sendo executado pela equipe da prefeitura, “Este trabalho será desenvolvido em torno de uns três meses, e já estamos organizando uma equipe especializada que avaliará todo o patrimônio municipal, tudo dentro da legalidade”, concluiu Mulinário.
Ler 354 vezes

Prefeitura de Nova Marilândia